Africa

Khaiya Editores lança, no âmbito do Projecto " Estudo Sobre as Percepções e Práticas Costumeiras de Maneio da Biodiversidade das Comunidades Adjacentes aos Montes Namúli, um programa radiofónico denominado " Eccos do Namúli" no distrito do Gurué

Trata-se de um programa  de rádio lançado no passado dia 23 de Setembro de 2016, na cidade do Gurué e colocado no ar na tarde do mesmo dia através da Radio Comunitária do Gurué, Inserida no Projecto denominado " Estudo sobre as percepções e práticas Costumeiras de  maneio da Biodiversidade das Comunidades Adjacentes aos Montes Namúli, financiado  em Novembro de 2015 pelo CEPF- Fundo de Parceria para Ecossistemas Críticos.

O programa de rádio virado para biodiversidade e conservação é uma prioridade indispensável no distrito do Gurué, um distrito que é rodado  pelos  Montes Namúli, uma das regiões  mais belas e com um dos mais prestigiados  ecossistemas do mundo. É uma região rica e de muito valor biológico. O programa de rádio " Eccos  do Namúli" é uma plataforma de busca e partilha de saberes comunitários. Vai permitir que as pessoas tomem mais consciência sobre o meio que vivem e participem cada vez mais nos processos decisórios das suas comunidades.

Caption ©Credit

O programa, que foi lançado numa das salas polivalentes Lehon Dehon, na cidade do Gurué, contou com a participação de perto de 30 pessoas, entre representantes de instituições do governo distrital,  estudantes das escolas secundárias do distrito e membros da comunidade. Foi uma tarde de bastante interacção e troca de saberes, onde as artes e a ciência se cruzaram num momento cheio de harmonia.

No futuro, o programa continuará a ser emitido todas as sextas feiras e poderá contar com os jovens integrantes do "Círculo de Interesse para a Preservação dos Montes Namúli, uma agremiação igualmente criada no âmbito do mesmo projecto. O objectivo é  potenciar as capacidades de jovens do Gurué, para que eles próprios sejam os líderes na conservação da biodiversidade e do ecossistema crítico dos Montes Namúli.
 

Part 1: 

Part 2

Part 3

 

 

See the interactive map of all projects implemented under the CEPF Eastern Afromontane hotspot programme here.
The Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF) is a joint initiative of l’Agence Française de Développement, Conservation International, the European Union, the Global Environment Facility (GEF), the Government of Japan, the MacArthur Foundation, and the World Bank. A fundamental goal is to ensure civil society is engaged in biodiversity conservation. More information on CEPF can be found at www.cepf.net.
BirdLife International, together with the International Union for the Conservation of Nature (IUCN) and the Ethiopian Wildlife and Natural History Society (BirdLife in Ethiopia) form the Regional Implementation Team (RIT) for the Critical Ecosystem Partnership Fund (CEPF) investment in the Eastern Afromontane Hotspot (2012-2017). The investment will support civil society in applying innovative approaches to conservation in under-capacitated and underfunded protected areas, Key Biodiversity Areas (KBA) and priority corridors in the region.