email a friend
printable version
Location Brazil, Mato Grosso do Sul
Central coordinates 57o 23.00' West  19o 12.00' South
IBA criteria A1, A3
Area 118,718 ha
Altitude 50 - 1,050m
Year of IBA assessment 2008

SAVE Brasil (Affiliate)



Site description Localizado na porção oeste do estado, próxima à fronteira com a Bolívia, o complexo planáltico do Urucum situase logo ao sul das cidades de Ladário e Corumbá e é formado principalmente pelas morrarias do Urucum, Grande, Rabichão, Santa Cruz, São Domingos e Tromba dos Macacos. Algumas dessas montanhas atingem mais de 000 m de altitude e no morro de Santa Cruz está o ponto culminante de todo o Estado do Mato Grosso do Sul. O relevo da região é do tipo residual, originado a partir de movimentações tectônicas terciárias e inserido nos domínios dos planaltos do Urucum-Jacadigo, cujos solos são, em sua maioria, rasos. A existência de diversos tipos de vegetação e de solos permite uma alta riqueza de espécies vegetais na área: cerca de 000 espécies já foram registradas. Como tipologias de vegetação predominam a floresta estacional semidecidual e a floresta estacional decidual, onde se destacam Anadenanthera colubrina (angico), Sebastiana discolor e Myracrondruon urundeuva (aroeira). Esse tipo de matas secas é uma extensão de formações tipicamente chaquenas presentes no território boliviano adjacente, chamadas de bosques chiquitanos, que apresentam distibuição muito restrita em território brasileiro Nas áreas montanhosas de topos tabulares há cerrados e também vegetação rupícola sobre a canga, ainda relativamente preservados. Ali ocorre inclusive uma espécie herbácea endêmica e ameaçada de extinção no país, Aspilia grazielae. Na parte leste da área ocorrem diversos tipos de ambientes pantaneiros, inclusive savanas estépicas e matas ciliares à beira do rio Paraguai, também em bom estado de conservação. Na região, o verão é seco e o inverno, chuvoso. A temperatura média oscila em torno de 25ºC.

Populations of IBA trigger species

Species Season Period Population estimate Quality of estimate IBA Criteria IUCN Category
Greater Rhea Rhea americana resident  2006  unknown  A1  Near Threatened 
Chaco Chachalaca Ortalis canicollis resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Crowned Eagle Harpyhaliaetus coronatus resident  2007  unknown  A1  Endangered 
Hyacinth Macaw Anodorhynchus hyacinthinus resident  2000  unknown  A1  Endangered 
Nanday Parakeet Nandayus nenday resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Yellow-faced Amazon Alipiopsitta xanthops resident  2000  unknown  A1  Near Threatened 
Buff-bellied Hermit Phaethornis subochraceus resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Plain Tyrannulet Inezia inornata resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Bolivian Slaty-antshrike Thamnophilus sticturus resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Rufous Cacholote Pseudoseisura unirufa resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Great Rufous Woodcreeper Xiphocolaptes major resident  2006  unknown  A3  Least Concern 
Blue Finch Porphyrospiza caerulescens resident  2006  30 breeding pairs  unknown  A1  Near Threatened 

Habitats

IUCN habitat Habitat detail Extent (% of site)
Forest Gallery (or Riparian) forest; Tropical deciduous forest; Tropical semi-deciduous forest  -
Shrubland Arid montane scrub; Cerrado  -
Wetlands (inland) Freshwater marshes/swamps; Riverine floodplains  -

References  Damasceno Júnior (2005); Okida & Anjos (2000); Silva et al. (2000a); Pott et al. (2000a); Vasconcelos & Hoffmann (2006); Marcelo F. Vasconcelos (in litt.); Soriano (1997); Vasconcelos et al. (2008); Harris et al. (2005); Walfrido Moraes Tomas per Alessandro Pacheco Nunes (in litt.); Mauro & Campos (2000).

Contribute  Please click here to help BirdLife conserve the world's birds - your data for this IBA and others are vital for helping protect the environment.

Recommended citation  BirdLife International (2014) Important Bird Areas factsheet: Maciço do Urucum e Adjacências. Downloaded from http://www.birdlife.org on 11/07/2014

To provide new information to update this factsheet or to correct any errors, please email BirdLife