email a friend
printable version
Location Brazil, Rio Grande do Sul
Central coordinates 56o 10.00' West  29o 1.00' South
IBA criteria A1, A2, A3
Area 17,500 ha
Altitude
Year of IBA assessment 2008

SAVE Brasil (Affiliate)



Site description O Banhado São Donato situa-se junto ao baixo curso do rio Butuí (afluente do rio Uruguai), na região da Campanha Gaúcha, a cerca de 40 km de São Borja. As zonas pantanosas ocupam aproximadamente 6.800 ha, hoje repartidos em banhados naturais, lavouras de arroz e pastagens alagadas. Cerca de três quintos dessa superfície correspondem à área atual da Reserva Biológica do São Donato. Extensos campos nativos, utilizados para a pecuária, recobrem as colinas baixas (coxilhas) que delimitam o banhado. A área inclui ainda um bloco florestal com cerca de 2.000 ha, que protege as cabeceiras dos principais formadores do sistema. O ambiente de banhado é formado por um mosaico de comunidades vegetais herbáceas altas e densas, com predomínio da ciperácea Scirpus giganteus, a qual ocorre associada ou entremeada a várias outras plantas palustres, sobretudo Cyperus giganteus (Cyperaceae), Thalia geniculata (Marantaceae), Panicum grumosum e P. prionitis (Poaceae). Também estão presentes macrófitas flutuantes e submersas nos locais onde a profundidade da lâmina d’água é maior. A área é atravessada pela rodovia BR- 472.

Key Biodiversity O Banhado São Donato é a única área no Brasil onde foram registradas as três espécies de caboclinhos do gênero Sporophila que definem a EBA077 (Campos da Mesopotâmia Argentina), todas ameaçadas de extinção. Sporophila cinnamomea (caboclinho- de-chapéu-cinzento) e o criticamente ameaçado S. zelichi (caboclinho-de-colar) parecem ocorrer apenas de passagem durante suas migrações anuais, mas S. palustris (caboclinho-de-papo-branco) está presente em número razoável durante o período reprodutivo e provavelmente nidifica localmente. Xanthopsar flavus (veste-amarela) foi coletado na área na década de 1970, mas parece estar extinto agora. As áreas mais densas do Banhado São Donato servem à reprodução de diversas aves aquáticas, sobretudo Ciconia maguari (maguari ou joão-grande) e Rostrhamus sociabilis (gavião-caramujeiro), enquanto os campos alagados junto ao trecho inferior do banhado são freqüentados por números expressivos de anatídeos. Um bando invernante de Sarkidiornis melanotos (pato-de-crista) com cerca de 500 indivíduos foi observado nessa parte do banhado em julho de 2002.

Populations of IBA trigger species

Species Season Period Population estimate Quality of estimate IBA Criteria IUCN Category
Greater Rhea Rhea americana unknown  30 individuals  unknown  A1  Near Threatened 
Sulphur-throated Spinetail Cranioleuca sulphurifera unknown  unknown  A3  Least Concern 
Marsh Seedeater Sporophila palustris passage  unknown  A1  Endangered 
Marsh Seedeater Sporophila palustris resident  unknown  A1, A2, A3  Endangered 
Chestnut Seedeater Sporophila cinnamomea passage  30 individuals  unknown  A1  Vulnerable 

References Fundação Zoobotânica do Rio Grande do Sul (2002); Bencke (2004); Bencke et al. (2003); Belton (1994); Glayson A. Bencke (dados inéditos).

Contribute  Please click here to help BirdLife conserve the world's birds - your data for this IBA and others are vital for helping protect the environment.

Recommended citation  BirdLife International (2014) Important Bird Areas factsheet: Banhado São Donato. Downloaded from http://www.birdlife.org on 23/12/2014

To provide new information to update this factsheet or to correct any errors, please email BirdLife