email a friend
printable version
Location Brazil, Minas Gerais
Central coordinates 42o 33.00' West  19o 39.00' South
IBA criteria A1
Area 36,000 ha
Altitude 230 - 515m
Year of IBA assessment 2008

SAVE Brasil (Affiliate)



Site description Localizado na confluência do rios Doce e Piracicaba, a cerca de 150 km a leste de Belo Horizonte, o Parque Estadual do Rio Doce constitui o maior remanescente contínuo de floresta atlântica em Minas Gerais e um dos maiores em todo o leste brasileiro. O hábitat principal é a floresta semidecídua alta, mas cerca de um terço da área do parque já foi atingido por incêndios e apresenta hoje vegetação secundária. Mais de 40 lagoas naturais de vários tamanhos e estádios sucessionais distribuem-se através da área, formando um complexo sistema lacustre.

Key Biodiversity A riqueza da avifauna no setor mineiro da bacia do rio Doce foi estimada em 397 espécies, das quais 299 ocorrem no parque. As únicas espécies com ocorrência potencial ou confirmada nessa unidade de conservação e consideradas extintas na região são Harpia harpyja (gavião-real) e Accipiter poliogaster (tauató-pintado). Porém, há relativamente poucas informações divulgadas sobre a área e desconhecese a situação atual da maioria de suas aves ameaçadas, embora o hábitat seja suficiente para suportar populações significativas mesmo das espécies mais exigentes. O P. E. do Rio Doce é a única localidade onde Curaeus forbesi (anumará) tem sido registrado regularmente na parte sul de sua distribuição geográfica. Na área, essa espécie ameaçada está restrita principalmente a um pequeno setor entre a entrada do parque e a lagoa Carioca. Já as menções à ocorrência de Cotinga maculata (crejoá) são equivocadas, pois o registro histórico em que estão baseadas, para o baixo rio Suaçuí Grande, deu-se a mais de 100 km de distância do P. E. do Rio Doce.

Populations of IBA trigger species

Species Season Period Population estimate Quality of estimate IBA Criteria IUCN Category
Solitary Tinamou Tinamus solitarius unknown  unknown  A1  Near Threatened 
Yellow-legged Tinamou Crypturellus noctivagus unknown  unknown  A1  Near Threatened 
Red-billed Curassow Crax blumenbachii unknown  unknown  A1  Endangered 
Black-fronted Piping-guan Pipile jacutinga unknown  unknown  A1  Endangered 
Red-browed Amazon Amazona rhodocorytha unknown  unknown  A1  Endangered 
Vinaceous-breasted Amazon Amazona vinacea unknown  unknown  A1  Endangered 
Blue-winged Macaw Primolius maracana resident  unknown  A1  Near Threatened 
Blue-bellied Parrot Triclaria malachitacea unknown  unknown  A1  Near Threatened 
Golden-capped Parakeet Aratinga auricapillus unknown  unknown  A1  Near Threatened 
Ochre-marked Parakeet Pyrrhura cruentata unknown  unknown  A1  Vulnerable 
Three-toed Jacamar Jacamaralcyon tridactyla unknown  unknown  A1  Vulnerable 
Forbes's Blackbird Curaeus forbesi unknown  unknown  A1  Endangered 

Protected areas

Protected area Designation Area (ha) Relationship with IBA Overlap with IBA (ha)  
Rio Doce State Area of Special Protection 3,885 protected area contained by site 3,885  
Rio Doce State Park 5,951 protected area contained by site 5,951  

References Wege & Long (1995); Base de dados do workshop Avaliação e Ações Prioritárias para a Conservação dos Biomas Floresta Atlântica e Campos Sulinos; Willis & Oniki (1991); Barbosa & Moreno (s.d.); Machado & Fonseca (2000); BirdLife International (2000); Machado et al. (1998); Pinto (1944); Collar et al. (1992); Pacheco et al. (1994); Whitney et al. (1995a); Melo Jr. (1996); Vasconcelos (1998); BirdLife International (2004); Vasconcelos et al. (2004).

Contribute  Please click here to help BirdLife conserve the world's birds - your data for this IBA and others are vital for helping protect the environment.

Recommended citation  BirdLife International (2014) Important Bird Areas factsheet: Parque Estadual do Rio Doce. Downloaded from http://www.birdlife.org on 29/12/2014

To provide new information to update this factsheet or to correct any errors, please email BirdLife